ENEM 2018

                                      “Prova obrigatória para o estudo em Faculdade Pública  ou Doutrinação Político-Ideológica  Legal?”

 

Qual deve ser o fim do INEP com a prova do ENEM e por que ele foi estuprado por ideologias governamentais que coagem o livre pensamento?

Em muitas partes do mundo esse exame é de caráter nacional, “Feito através de um Instituto Público”, ou de caráter individual, “Feito pela autonomia da Universidades Públicas”. Os dois métodos têm funcionado para a organização dos estudantes e para a revisão individual do nível acadêmico em que se encontram e até para reflexão dos governos por suas políticas educativas.

Em meus 21 anos de vida realizei 3 provas de ensino médio para postulação a Universidades Públicas. Fiz provas em 3 países: Venezuela, Equador e Brasil. Mais especificamente nestes dois primeiros (apesar de que os três países contêm governos ideológicos socialistas) não continham tantas mensagens ideológicas e classificatórias para os candidatos, como foi na prova do ENEM no Brasil, onde senti que os avaliadores estavam estudando se meu pensamento é ou não de esquerda. Será que é obrigatório ser adepto ao governo e ter pensamento socialista para poder optar por uma faculdade pública?

Que triste reconhecer que a liberdade de pensamento, que é um dos primeiros valores das universidades, está sendo oprimida e coagida por pensamentos ideológicos socialistas. Na redação deste ano, a prova obrigou o postulante a estar a favor do intervencionismo estatal, fazendo-o sentir que ele defenderia uma opinião própria. “Defenda seu ponto de vista” era a frase que ao postulante lia, dando a entender que o pensamento intervencionista é o ponto de vista próprio dele.

Quero só felicitar ao povo brasileiro duas coisas: 1 – Muitos denunciaram de várias formas os vícios ideológicos que estavam explícitos na prova; 2 – Observo que os brasileiros têm força para seguir estudando, expandindo seu horizonte de conhecimento. Ver pessoas de diferentes idades buscando conhecimento demonstra que ainda não é tarde para aprender

 

ENEM, Exame Notório de Esquerdismo Máximo

 

Campina Grande, 5 de novembro do ano 2018

 

Alexander Moreno

 

Joven libertário conhecedor de novos horizontes, no exílio a causa de uma ditadura socialista que tem tomada de forma arbitrária a minha pátria Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.